terça-feira, 19 de março de 2013

Sinto.

Você sente? 
-Sim eu sinto.


Eu sinto e vejo, sinto, vejo e percebo, não é mais só uma frase para tradução. É a realidade se mostrando através do dia a dia, o que tenho sentindo, tem crescido em meu peito a cada dia, mais e mais. Li em algum canto que você sabe diferenciar seus sentimentos porque já os viu, mas eu realmente não sei, não tenho em mente o que tem me acometido esses dias, não são pormenores, não é a taja da tpm, não é falta de amor nem excesso dele, não é o verão ou a chuva que tem trazido esse movimento tão desesperador ao meu coração.

Eu sinto, mas por vezes não não usar as palavras para demonstrar para quem eu quero, e o que preciso dizer. Eu sinto, mas o coração tem batido tão forte a certas horas que a garganta falha, os pensamentos a cerca são suspensos, e apenas uma cena me vem a mente, aquela.

Eu sinto, e sinto muito também por no momento não ter alguém que acolha tão sinceramente ao ponto de não julgar, não rir, não desviar atenção, do que sinto, agora, por dias, esses dias.

Eu sinto estritamente aquele aperto no peito, e só peço que me acolham em um abraço.


Bruna Lima.






Ps.: Essa postagem é a 1000, quando vi nem acreditei, tudo bem que muitos textos contidos aqui são de minha autoria, mas sem qualquer gaguejo eles são pra mim a expressão de meus sentimentos, do que senti e vivi em um momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário