quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Infinito.


Imagino dias em que será só tu e eu, juntos caminhando atras dos mais diversos sonhos, embalados a construir algo muito precioso: Nós.
E vamos deitar olhando as estrelas, arquitetando de novo todos os planos repassando cada detalhe, lembrando de tudo que vivemos e vamos viver, e você vai completar as minhas frases, e eu vou rir dos teus pensamentos.
Vou poder correr e me jogar em teus braços e você vai nos fazer girar só pra me ver sorrir.
Sentindo teu amor quando te abraço e teu peito se junta ao meu, vou te dizer baixinho: eu sinto,  eu sou feliz. 
Teu colo é meu abrigo, meu infinito.

Eu te vejo, e penso: Era você, é você, sempre foi e será, a pessoa que guardei o amor que tenho pra dar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário